domingo, 23 de novembro de 2008

Organização Informal

Organização informal é o nome dado a um grupo de pessoas que constrói relações de simpatias ou antipatias a partir da instituição formal (empresa) e ocorre porque, em se tratando de pessoas, por mais que haja profissionalismo, existem sentimentos e atitudes derivados das características pessoais de cada um. Esta organização começou a ter valor a partir da experiência de Hawthorne (1927 a 1932), realizada por Elton Mayo na Western Eletric Company (Chicago), em pesquisa sobre a influência que a luminosidade exercia sobre um grupo de trabalhadoras, em especial sobre o aumento ou a diminuição na produtividade. Para a surpresa dos pesquisadores, independente das modificações que foram realizadas, as pessoas mostravam maior rendimento, denotando que havia uma variável que todos desconsideravam: a existência da organização informal e seus reflexos sobre os indivíduos.
As pessoas, em seu local de trabalho, formam mais cedo ou mais tarde algum tipo de relação entre si: surgem os convites para festas, passeios, confraternizações etc., de modo que esta organização influencia diretamente no rendimento do trabalho. Ora, quando alguém simpatiza com colega de trabalho é notório que haja uma boa produtividade, do mesmo modo, quando há antipatia, a produtividade tenderá a ser menor.
Se a empresa não percebe ou desconsidera o poder da organização informal poderá tomar medidas impopulares, que estarão ferindo os princípios da própria organização, sofrendo daí revezes e prejuízos, como boicotes, oposições, greves, dentre outros.
Pode-se dizer que líderes com visão empresarial não apenas consideram tal poder, mas buscam aproximar a organização formal da informal. De que modo?
Proporcionando abertura ao diálogo e às negociações, promovendo confraternizações, construindo uma relação em que todos saiam ganhando.
Júlia Cristiane Schultz Pereira (Administradora e professora)

Um comentário:

Júlia Cristiane Schultz Pereira disse...

Olá! Casualmente encontrei este meu artigo no seu blog, fiquei muito contente em poder colaborar, se precisar de mais algum é só pedir! A propósito, meu blog (recém fundado) é www.profissionalintegral.blogspot.com
Att, Júlia Cristiane Schultz Pereira (julinh@floripa.com.br)